Translate

Busca

Pagina principal

Colaboradores do Belverede

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Bajulação, que nojo!

Quando o prólogo de um pregador começa com a bajulação, bajulação essa travestida de "prestação de honra a quem tem honra", é difícil absorver a pregação deste pregador, porque o tal mostra-se como uma árvore de fruto indesejável. (Comentário na seguinte postagem: "Bajulação é de Deus?", em Reflexão Sobre Quase Tudo, cujo editor é Dalardier Lima).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Seguidores

Blogs com minha participação

Blogs parcerias em divulgação de links