Translate

Busca

Pagina principal

Colaboradores do Belverede

domingo, 10 de janeiro de 2016

O Deus da esperança

"Rute era uma estrangeira entre os judeus. Uma moabita, viúva e pobre. Alguém que vinha passando por dificuldades financeiras e sentimentais. Rute não tinha emprego e apesar de jovem, escolhera passar o restante de seus dias ao lado da sogra Noemi, também viúva e enlutada de filhos. Rute é um grande exemplo do amor, bondade e poder de Deus. Ela é portadora de uma Boa Nova chamada: restauração. Em uma perspectiva meramente humana esta mulher seria considerada fracassada."

Breve trecho da postagem de Wilma Rejane Neri, cujo título é Trazendo à memória o Deus da esperança. Acesse e leia a íntegra do artigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Google+ Followers

Seguidores

Blogs com minha participação

Blogs parcerias em divulgação de links